RSS

O QUE É UM APÓSTOLO?

17 jan

sao-paulo Uma Declaração Preliminar por C. Peter Wagner, Apóstolo Presidente da Coligação Internacional de Apóstolos (05/03/2006)

Introdução:

A Coligação Internacional de Apóstolo (The International Coalition of Apostles – ICA), fundada em 1999, agora conta com 500 membros. A membrezia requer indicação de pelo menos dois membros ativos da ICA, presumindo que elevar alguém ao nível dos apóstolos exige o máximo de qualificação para ser reconhecido na categoria de apóstolos. Este tem sido um processo muito subjetivo, dado ao fato de que a ICA não tem emitido uma declaração oficial esboçando as qualificações básicas que se espera de um genuíno apóstolo. Respondendo a diversas questões, ambas do lado de dentro e do lado de fora da ICA, é que semelhante declaração foi formulada, este documento é uma tentativa preliminar em dar esta resposta. Circulei este rascunho a todos os membros da ICA, e recebi duas ou três dúzias de respostas atenciosas.

As respostas indicam que os membros da ICA têm chegado a variadas conclusões depois de considerar os mesmos detalhes bíblicos e fenômeno lógico. Conseqüentemente, parece ser prematuro emitir uma declaração no qual todos os membros da ICA possam endossar. O avançado diálogo entre os membros da ICA quanto aos detalhes do perfil de um apóstolo não é esperado em um movimento jovem como o nosso. Como nós prosseguimos, não somente faço revisão de minha declaração de tempo em tempo, mas espero também que outros membros da ICA façam um esboço de sua declaração expressando o seu ponto de vista. Quando isto acontecer, estas declarações serão colocadas no webside da ICA juntamente com esta.

Os membros da ICA estão de acordo com conceitos básicos. Todas as definições nas quais todos os apóstolos estão de acordo estão nos itens abaixo. Esta definição está incorporada no texto do Prospecto da ICA no qual todo membro em potencial da ICA assinala antes de fazer sua associação. Entretanto, todos estão de acordo que os dons e ofícios, de apóstolos e profetas, estão ativos na igreja hoje, exatamente como eles estavam na igreja primitiva. Nós continuaremos a discutir os detalhes de como estes ofícios operam na igreja. No momento, portanto, esta declaração deve ser considerada somente como minha opinião pessoal.

Definição:

Um apóstolo é um líder Cristão dotado, ensinado, comissionado, e enviado por Deus com autoridade para estabelecer o governo de fundamento dentro da igreja em uma esfera demarcada do ministério por ouvir o que o Espírito está dizendo às igrejas e colocando as coisas em ordem de acordo com a extensão do Reino de Deus.

Dons e Ministérios

   Aos apóstolos, por definição, tem sido dado o dom espiritual de apóstolo pela graça de Deus. Este dom é alistado entre muitos outros em 1 Coríntios 12. O mesmo capítulo, entretanto,  indica que nem todos têm o mesmo dom e o mesmo ministério, e nem todos com o mesmo ministério tem a mesma atividade (veja 1 Cor. 12.4-6).

Muitos apóstolos ministram primariamente em uma igreja nuclear, a qual toma a forma de congregações de cristãos que se encontram nos Domingos ou grupos de congregações semelhantes, enquanto outros ministram primariamente na expansão da igreja em um local de trabalho. Os apóstolos são expressão da igreja nuclear, ou da igreja em extensão, ou um lugar de trabalho.

Alguns apóstolos são territoriais, Deus deu a eles autoridade de cobrir certa área geográfica como uma região ou uma cidade ou um estado ou uma nação. Outros têm autoridade sobre uma certa área social como governo, finanças ou mídia, etc.

Entre aqueles com dom de apóstolo, alguns têm o ministério de apóstolo vertical. Isto significa que eles estão em uma posição de liderança apostólica sobre uma rede de trabalho de igrejas e ministérios ou uma rede de trabalho com ministério para mulheres, jovens, intercessores ou adoradores, etc. Outros são apóstolos horizontais com ministério de convênio e ligado com parceria a outros apóstolos, pastores e profetas, etc.

Dons e Ofícios

   O dom de apóstolo, como no caso de todos os dons espirituais, é dado aos cristãos por Deus como Seu favor (Veja 1 Cor. 12.11,18). Dons espirituais são dados somente pela graça de Deus.

Entretanto um ofício, semelhante ao ofício de apóstolo, não é dado por graça somente, mas dado como resultado daquele que tem demonstrando ser fiel no dom de mordomo. Se Deus tem escolhido dar a um homem ou a uma mulher o dom de apóstolo, o fruto deste dom será evidente a outros e no devido tempo o corpo de Cristo confiará o ofício de apóstolo àquela pessoa. Este ato é mais freqüentemente expressado pelo termo “comissionado” e se realiza no nível igual a dos apóstolos e profetas, representando a igreja e impondo as mãos. O título “apóstolo” é ordinariamente usado por aqueles que tem sido devidamente comissionado neste ofício, embora este princípio não ter sido ainda formalizado em muitas situações.

Esfera Apostólica

   Não há algo semelhante como um apóstolo para cada igreja. Deus demarcou para cada apóstolo um certa esfera onde ele exerce autoridade. Paulo deixa isto claro em 2 Coríntios 10.13-16. Ele diz: “Porém, não nos gloriaremos fora da medida, mas conforme os limites da esfera que Deus nos deu, para chegarmos até vós” (2 Cor. 10.13). A esfera apostólica pode ser eclesiástica, funcional, territorial (geográfica), cultural, ou lugar de trabalho.

Qualificações dos Apóstolos

   Certas qualificações se aplica a todos os apóstolos, indiferente dos diferentes ministérios ou atividades que tem sido demarcado a eles por Deus. Estas qualificações são:

  • Extraordinário Caráter.  Os apóstolos preenchem os requerimentos de liderança esboçado em 1 Timóteo 3.1-7. Eles tomam a sério a advertência de Tiago 3.1, que eles serão julgados com um julgamento mais severo do que os cristãos comuns. Eles são santos (1 Pedro 1.15).
  • Himildade.  Jesus disse que aqueles que humilharem a si mesmos serão exaltados. Desde então os apóstolos serão exaltados por Deus (Veja 1 Cor. 12.28), eles devem ser humildes a fim de qualificar.
  • Liderança. Nem todos líderes são apóstolos, mas todos os apóstolos são líderes. Os apóstolos devem ter seguidores para verificar o papel de sua liderança.
  • Autoridade. A característica que mais distingue um apóstolo dos demais membros do Corpo de Cristo é a autoridade que vem com o papel do dom de apóstolo. Eles alcançam sua autoridade através da sua paternidade, não através da arrogância ou imposição.
  • Integridade. Espera-se do apóstolo que demonstre integridade como causa de ser “irrepreensível” (1 Tm. 3.2) e por “ter bom testemunho dos que são de fora” (1 Tm. 3.7).
  • Sabedoria.  O verdadeiro ministério apostólico não vem sem maturidade, e maturidade trás sabedoria. Aos apóstolos Deus tem dado a habilidade de ver um grande panorama e ajudar a outros a encontrar o seu lugar no plano de Deus.
  • Oração.  Embora nem todos os apóstolos sejam intercessores, todos têm um contacto com Deus através de uma vida disciplinada de oração eficaz (Atos 6.4).

O Que Todo Apóstolo Faz

  • Eles recebem revelação. Os apóstolos ouvem o que o Espírito diz às igrejas. Algumas destas revelações vêm diretamente a eles, algumas eles recebem juntamente com os profetas, e outras através do próprio relacionamento com os profetas.
  • Eles projetam visão.  Sua visão é baseada sobre a revelação que eles receberam.
  • Eles fazem nascer.  Apóstolos são pioneiros que iniciam coisas novas.
  • Eles fazem impartição.  Deus usa os apóstolos para ativar Suas bênçãos em outros (Rm.1.1).
  • Eles constroem.  Apóstolos têm estratégicas e encontram maneiras de levar adiante projetos planejados no seu curso ao futuro, incluindo o que se requer para o fundamento.
  • Eles governam.  Apóstolos são especialistas em colocar ordem nas coisas. Juntamente com os profetas eles colocam o fundamento bíblico do Reino de Deus (Ef. 2.20).
  • Eles ensinam. Os cristãos da igreja primitiva “perseveravam no ensino dos apóstolos” (Atos 2.42).
  • Eles enviam.  Os apóstolos enviaram aqueles que foram equipados para cumprir o seu papel na extensão do Reino de Deus.
  • Eles finalizam. Os apóstolos têm a capacidade de conduzir um projeto e no tempo que Deus deseja realizam a consumação da missão. Eles ficam inquietos até que o projeto seja feito. Eles raramente extinguem o projeto.
  • Eles fazem guerra.  Os apóstolos são generais do exército de Deus.
  • Eles alinham gerações.  Apóstolos têm uma longa perspectiva sobre os propósitos de Deus e eles levantam a segundo fileira de líderes para o futuro.
  • Eles equipam.  Efésios 4.12 diz que os apóstolos equipa os santos para a obra do ministério.

O Que Alguns Apóstolos Fazem.

    Dadas as diferenças de temperamentos, ministérios, chamados, atividades, localização geográfica, muitos mas não todos os apóstolos serão caracterizados por:

  • Terem visto a Jesus.
  • Realizam sinais e maravilhas.
  • Apontam heresias.
  • Plantam novas igrejas.
  • Impõe disciplina na igreja.
  • Ministram trans-culturalmente.
  • Tomam de volta o território do inimigo, convertendo ao Reino.

Características Especiais do Espaço de Trabalho dos Apóstolos.

  • Por muitas partes, o espaço de trabalho dos apóstolos, (algumas vezes referidos como “reis”) exibem algumas qualificações e se movem em algumas atividades como apóstolos da igreja nuclear. Entretanto, por causa de sua posição no espaço de trabalho, algumas fontes de sua autoridade apostólica serão até certo ponto diferentes.
  • Respeito. O ponto inicial dos apóstolos na igreja nuclear é ordinariamente o relacionamento, visto que o ponto de partida no espaço de trabalho é o respeito. Isto significa que a autoridade dos apóstolos na igreja nuclear é derivada grandemente da unção e de seu relacionamento. Em outras palavras, a autoridade dos apóstolos no espaço de trabalho é derivada do respeito ao comandar os outros no espaço de trabalho, e o verdadeiro reconhecimento de seu sucesso é a sua marca registrada. No seu espaço de trabalho, no seu relacionamento ordinário, ele torna-se merecedor de respeito.
  • Dinheiro. O maior critério para o respeito no espaço de trabalho é o acesso aos recursos, particularmente recursos financeiros. Dinheiro ordena respeito, constrói credibilidade, e confere mais autoridade  e poder no espaço de trabalho da igreja nuclear. Dinheiro, entretanto, não constitui o foco central; ele é considerado somente um instrumento necessário. O espaço de trabalho dos apóstolos que são independentes financeiramente tem vantagem sobre outros que são dependentes de outros em sua renda.
  • Aceitando riscos. A estrada que conduz a autoridade apostólica no espaço de trabalho é o meu campo de batalha. Junto com o sucesso, o espaço de trabalho do apóstolo tornou-se um lugar acostumado a tomar pancadas. Muitos têm perdido dinheiro e tem aprendido com isso. Entretanto, pela graça de Deus, eles não temem e eles não voltam atrás, pois sabem que Deus não está cuidando de dinheiro.
  • Renascimento da pessoa. Outro critério que se percebe é o “Renascimento da pessoa”. Estes são indivíduos que têm domínio sobre uma ampla sombra de interesses.
  • Negociando legal nas estruturas. O espaço de trabalho dos apóstolos intuitivamente se move através e ao redor de complicação legal. Eles não admitem que na estrutura legal se coloque limite do que Deus pode fazer. Isto está baseado sobre o processo de trabalhar o relacionamento que se constrói sobre a verdade.
  • Posição de influencia.  Autoridade também vem da influencia extraordinária que alguém tem sobre sua esfera de ação, sobre seu campo de trabalho. Há sete modelos de cultura que inclui família, religião, governo, artes, mídia, negócios e educação. Cada uma tem numerosas subdivisões, e todos têm seu método específico de como conseguir influenciar. O apóstolo no seu espaço de trabalho conhece a sua esfera ou esferas e eles sabem como obter posições de influência dentro destas esferas. A motivação clara desse dominar sobre os demais é exercer influencia para glória de Deus.
  • Plantar a mente do Reino. Nem todos os Cristãos bem sucedidos financeiramente em sua esfera de ação, é de fato, um apóstolo. Aqueles que desejam ter uma mentalidade do Reino  significa que devem desejar ver o Reino de Deus permear todos os níveis da sociedade. É de esperar o exibir alguma característica de um apóstolo. Eles são ativamente envolvidos na transformação da cidade e da nação a fim de estabelecer a ordem da “igreja” no local ou espaço de trabalho.

Comissionando. O processo dos apóstolos reconhecer e comissionar na sua esfera de ação está ainda debaixo de desenvolvimento e esperamos que a ICA tenha este consenso para fazer isto.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/01/2013 em MENSAGENS

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: