RSS

E O POVO CREU!

25 mar

“E o povo creu; e quando ouviram que o Senhor havia visitado os filhos de Israel e que tinha

visto a sua aflição, inclinaram-se, e adoraram”. (Ex. 4:31; Hb. 11)

A fé é a certeza de coisas que se esperam, é a convicção de fatos que se não vêem.

Pela fé, os antigos obtiveram um bom testemunho.

Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela Palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem.

Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim, pelo qual obteve testemunho de ser justo, tendo a aprovação de Deus quanto às suas ofertas. Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado a Deus.

Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.

Pela fé, Noé, divinamente instruído acerca de acontecimentos que ainda não se viam e sendo temente a Deus, aparelhou uma arca para a salvação de sua casa e se tornou herdeiro da justiça que vem da fé. Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia. Pela fé, peregrinou na terra da promessa habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Pela fé, também Abraão, quando posto à prova, ofereceu Isaque, porque considerou que Deus era poderoso até para ressuscitá-lo dentre os mortos. Pela fé, Sara recebeu poder para ser mãe, não obstante o avançado de sua idade, pois teve por fiel Aquele que lhe havia feito a promessa. Pela fé, igualmente, Isaque abençoou a Jacó e a Esaú, acerca de cousas que ainda estavam para vir. Pela fé, Jacó quando estava para morrer, abençoou cada um dos filhos de José. Pela fé, José, próximo do seu fim, fez menção do êxodo dos filhos de Israel. Pela fé, Moisés apenas nascido, foi ocultado por seus pais durante três meses, porque viram que a criança era formosa. Pela fé, também, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus, a usufruir prazeres transitórios do pecado; porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão. Pela fé, ele abandonou o Egito, nem ficou amedrontado pela cólera do rei; antes permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível. Pela fé, celebrou a páscoa e o derramamento do sangue, para que o exterminador não tocasse nos primogênitos dos israelitas. Pela fé, atravessaram o Mar Vermelho como por terra seca. Pela fé, ruíram as muralhas de Jericó, depois de rodeadas por sete dias. Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias.

E que mais direi ainda? Certamente me faltarão espaço e o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas, os quais por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam bocas de leões, extinguiram a violência, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros…

Concluo este texto dizendo: “Tudo é possível ao que crê, Mc. 9:23”! “Se tu creres, verás a glória de Deus, Jo. 11:40”!

Que Deus te abençoe!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 25/03/2011 em REFLEXÕES

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: